Pular para o conteúdo principal

Decisões

Estamos iniciando um novo tempo. Tempo de refletir, repensar nossas atitudes, saber separar o certo do errado. Temos o velho hábito de prometer e não cumprir. A vida nos convida, diariamente, a tomar decisões. Já de manhã decidimos abrir os olhos, sair da cama, tomar café, entre outras coisas, mas normalmente temos a impressão de estar sempre no caminho errado, e parece que andamos para trás, sensações estas que normalmente nos trazem certo desconforto e falta de vontade para encarar um novo dia.

O que ocorre é que não aprendemos a escolher com perfeição. O mundo parece nos jogar uma carga tão grande de decisões e com um tempo tão curto, que é fácil se perder. Em certas ocasiões nos sentimos perdidos em meio à multidão, pois, quanto mais olhamos para nosso umbigo, mais solitários nos sentimos.


Resultado de imagem para perdido multidão


O homem em sua caminhada na Terra passa por muitos momentos. Nossa vida é como uma montanha russa, tem seus altos e baixos. A diferença está em como nós lidamos com as situações. Precisamos aprender a ouvir nossa voz interior, que alguns denominam intuição. Geralmente ela nos aponta a direção certa, o problema é que nossas dúvidas povoam nossa mente de tal modo que muitas vezes deixamos de ouvir essa voz.

Deus nos dotou de um sentido especial que pode nos indicar a direção certa em momento de indecisão, porém precisamos aprender a silenciar e ouvi-la com clareza. Primeiro é preciso parar, refletir e concentrar, afinal nosso guia está aí, pena que preferimos fechar nossos ouvidos.

A respiração é uma boa chave para que possamos tomar decisões mais acertadas, infelizmente como é difícil parar mesmo que por um breve momento. Vivemos num mundo tão corrido que parece difícil até dar um pause. Tudo é para ontem e parece que perdemos a noção da importância de se aproveitar bem o tempo. Parece que o dia atualmente não tem mais 24 horas e quando vemos, ele já passou e não fizemos tudo que havíamos programado.

Resultado de imagem para correria

É preciso melhorar nossa agenda diária para que possamos aproveitar melhor o tempo. Devemos organizar as coisas e estabelecer prioridades. Ao invés de uma agenda cheia, poderíamos apenas programar aquilo que possivelmente conseguiríamos fazer no dia. Quanto mais nos ocupamos, menos tempo temos e esquecemos valores importantes, como por exemplo, a família. O importante é saber dosar e dar importância a cada coisa no momento certo.

Há um tempo para tudo e tudo tem seu tempo. Precisamos ir com calma e aproveitar cada dia como se fosse o último. Isso não significa que devemos ser inconsequentes em nome da pretensa liberdade. Tudo precisa ter a medida certa como um bolo, onde todos os ingredientes têm sua quantidade ideal. Assim também é nossa vida quando dosamos todos os setores e os equilibramos - plena e feliz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qualidade de vida da mulher: uma necessidade.

Quantas vezes nós mulheres nos cobramos e somos cobradas nas nossas funções? Ser esposa, mãe, profissional de sucesso.
A questão é que em meio a tantas atribuições deixamos de lado nossos sonhos, desejos, vontades e com tudo isto a nossa qualidade de vida.
O desgaste na qualidade de vida gera eumeros problemas secundários em decorrência do stress. Dai a necessidade de olharmos para nós mesmas como seres humanos únicos e não mais como esposa, mãe ou profissional. 
Insonia, redução do apetite sexual, menstruação desregulada, acne, queda de cabelo, depressão, ganho ou perda de peso e diminuição da fertilidade são apenas alguns dos problemas que podem afetar uma mulher sobrecarregada. 



O casamento, por exemplo, é um dos fatores que mais afetam o bem estar feminino. Somos protetoras por natureza e nos sentimos responsáveis por uma quantidade absurda de tarefas, deveres e obrigações, como bem nos aponta esta reportagem.

É por isso tudo que eu faço o que eu gosto. Viajo, curto praia, danço, faço …

5 maneiras de melhorar os sintomas da ansiedade

Em fevereiro de 2017, a OMS - Organização Mundial da Saúde, divulgou dados alarmantes sobre a psiquê do brasileiro. Segundo a Organização,  23, 9,3% dos brasileiros possui algum transtorno de ansiedade e a depressão afeta 5,8% da nossa população. 
Segundo os estudiosos, pesam nesses números fatores socioeconômicos, como pobreza e desemprego, e ambientais, como o estilo de vida nas grandes cidades.  Importante salientar, que ao menor sinal de algum distúrbio comportamental que venha afetar a sua rotina, procure imediatamente auxilio de um especialista. Existem diversas formas de tratar a ansiedade, e certamente um profissional te auxiliará nesta escolha. Mas, existem técnicas eficientes e coadjuvantes das terapias tradicionais que podem perfeitamente aliviar os sintomas da ansiedade. 1. A prática de exercíciosfísicos
Este é um dos melhores remédios para ansiedade. A pratica de exercíciosfísicos estimula a liberação de endorfina,   que é um substancia produzida pelo cérebro capaz de aument…